ÁfricaCulturaDestaques

Achille Mbembe: “Chegou a hora de pensar na África como um todo”

Depois de liderar uma série de diálogos em todo o continente, o filósofo acaba de apresentar seu relatório a Emmanuel Macron. Ele entrega o furo de suas conclusões a "Jeune Afrique".

Encarregado por Emmanuel Macron de escrever o relatório que será usado para alimentar os intercâmbios de 8 de outubro, durante a cúpula em Montpellier, Achille Mbembe cruzou o continente por sete meses para abrir um diálogo com muitas partes interessadas africanas. Ele acaba de apresentar suas esperadas conclusões ao Chefe de Estado francês.

Jeune Afrique: Que sentimentos te animam depois de deixar esta missão? 

Achille Mbembe: Foi um exercício delicado. Tenho a sensação de que fui honesto e permaneci lúcido. Honesto comigo mesmo, com a África, mas também com Emmanuel Macron que, ao me envolver neste exercício, mostrou uma certa ousadia, mas também arriscou. Procurei ficar lúcido quanto à complexidade das questões, à escala dos obstáculos de ambos os lados. Acima de tudo, nunca perdi de vista as imensas possibilidades de transformação. Eles existem, desde que saibamos como fazê-lo. (Jeune Afrique)

TRABALHEI EM CONDIÇÕES DE TOTAL LIBERDADE, RESPEITO MÚTUO E TRANSPARÊNCIA

Tags
Mostrar mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker